segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Cesarina - Convidado Atendendo a Pedidos


Esta semana temos um dois em um, uma estreante no blog, e portanto, convidada, decidiu responder a um dos pedidos que nos foi feito de um nome com imensa história, a nossa Ellen Guilhen fala-nos de Cesarina:

Cesarina pode não despertar muitas paixões imediatamente, mas a minha admiração pelo nome está garantida. Se morasse na Itália, certamente esta seria minha escolha para uma filha. É só ouvir aqui a canção popular La Cesarina para entender o porquê. 

A pronúncia italiana “tchêzarina” coloca ênfase no início, e traz ao ouvido um som peculiar, raro em língua portuguesa – exceto para os gaúchos! (risos) – “tchê”.  
Charme semelhante encontramos na palavra “tzarina” [mais comumente grafada “czarina”, Kzɐ.ɾˈi.nɐ], título das antigas imperatrizes da Rússia.

A origem do nome Cesarina e do título tzarina é a mesma: César.  O César mais conhecido da história e o propagador do nome é o general e político romano do século I a. C. Júlio César.

Significado:
Há quatro possíveis explicações para a origem e significado do cognome "César". No História Augusta, uma coleção de biografias de imperadores romanos lançada no século IV, encontramos três delas:
1. a primeira é que Júlio César nasceu com muito cabelo ou peludo (em latim caesaries, cabeleira);
2. a segunda é que ele tinha olhos cinzas bem claros (em latim oculis caesiis);
3. a terceira é que ele matou um elefante (caesai) em batalha. O próprio César mandou fabricar moedas com retrato de elefantes, sugerindo seu apreço por esta interpretação do seu nome.
4. a quarta explicação é a do historiador Plínio, o Velho, autor do compêndio Naturalis Historia (77). Segundo ele, o nome se origina de um ancestral de Júlio César nascido de cesariana (palavra do latim que quer dizer "cortar", caedere, caes). O futuro imperador teria herdado o patronímico.

Esta última tese é bastante contestada pelos filólogos modernos porque uma operação cesariana na antiguidade seria fatal às mulheres, vide aqui o esclarecimento à pergunta “Júlio César nasceu de cesariana?”

Embora inadequada, é justamente essa última explicação – nascido de cesariana – o maior impedimento para que Cesarina se popularize. A associação quase que imediata do nome ao parto cesárea ou cesariano poderia aborrecer uma futura portadora, imaginam alguns pais.

Fiquemos, portanto, com o mais aceito dos significados discutidos: “cabeludo”. Considerada a forma diminutiva feminina de César, Cesarina significaria “cabeludinha”, o que me remete a um tratamento carinhoso e familiar. Não dizemos aos outros: “a bebê nasceu bem cabeludinha!”?

De nome a título imperial:
Após Júlio César, o cognome César tornou-se um título dos imperadores, encontrando destaque inclusive na Bíblia, na famosa passagem "A César o que é de César..."(Mateus 22:21). O título em alemão para os imperadores é Kaiser e nas línguas eslavas é Tsar. Mas como explicar as mudanças do som inicial da designação honorífica, variando entre “s”, “k” e “t”: césar, kaiser, czar, tzar?

Sonoridade
No grego antigo, César era escrito como Καίσαρ, e pronunciado de forma similar ao termo alemão Kaiser, nome também de uma conhecida cerveja brasileira. Em latim vulgar, a consoante oclusiva /k/ antes de vogal anterior ([i], [y], [e], [ø], [ɛ], [œ], [æ], [a], [ɶ] são exemplos de vogais anteriores), como é o caso do nome Cæsar, passa a ser pronunciada como consoante africada, como ts/tch, levando à Cesare [ˈtʃeːsar] em italiano assim como o título de Czar [kzˈaɾ]/Tzar.  
Com a evolução das línguas românicas, a africada [ts] se torna fricativa [s], portanto [ˈseːsar], que marcam as pronúncias francesa, portuguesa, espanhola e inglesa do nome César. Em português o nome é pronunciado Sé-zár.
O /k/ original grego é preservado na mitologia nórdica, aparecendo na figura do rei legendário Kjárr.

Para quem tem interesse em conhecer as diferentes pronúncias e em entender melhor porque césar/kaiser/czar/tzar possuem o mesmo significado, sugiro escutar as pronúncias no Google Tradutor, sobretudo em latim, grego e italiano (minha favorita).

O objetivo dessa discussão fonética era demonstrar que, além de possuírem evidente semelhança sonora, o nome Cesarina e o título czarina concedido às imperatrizes russas pertencem à mesma raiz etimológica.

Personalidades:
  • Cesarina Vighy (1936 – 2010) – escritora italiana autora de O Último Verão, romance autobiográfico ganhador de diversos prêmios que conta sua luta diante da ELA (esclerose lateral amiotrófica). O livro foi considerado “um pequeno auto de fé e um magnífico hino à vida que existiu, e que ainda existe”. Há um site dedicado à escritora.

Cabe lembrar que Cesário, Cesária, Cesarino também são nomes aceitos em português. Como famosos portadores dessas derivações, lembremos de:
  • Cesário Verde (1855-1886) – poeta português autor do poema O Sentimento dum Ocidental, iniciado pelos versos tão marcantes: 

“Nas nossas ruas, ao anoitecer,
Há tal soturnidade, há tal melancolia,
Que as sombras, o bulício, o Tejo, a maresia
Despertam-me um desejo absurdo de sofrer.”
  • Cesária Évora (1941-2011) – a cantora de maior reconhecimento internacional da música popular do arquipélago de Cabo Verde.

Curiosidade:
Há uma música infantil italiana chamada La Gallina Cesarina [A galinha Cesarina]. No Youtube há vários vídeos de grupos grandes, em roda, se divertindo ao cantá-la. A letra apresenta uma galinha passa por desafios (um caçador, um roubador de ovos e até um pedido de casamento do galo) e que supera todos pois “Cesarina sete vite ha” [Cesarina tem sete vidas!]. Sortuda, não?

Diante de um nome oriundo de um título imperial, cujo significado é carinhoso e cuja pronúncia é puro charme, registrariam uma bebê de Cesarina? E de Czarina? Diferentemente de Cesarina, Czarina e Tzarina não são nomes legítimos mas há brasileiras e estrangeiras que têm esse título imperial como nome próprio. Eu adoro! 

O que acham?

17 comentários:

  1. Antes de mais nada, parabéns Ellen!! O post está ótimo, muito esclarecedor, adorei saber mais sobre o nome Cesarina, é um nome com uma história bem interessante! Não o consideraria pra uma filha pq o acho um pouco pesado, mas Zarina eu consideraria sim. Não sei se vcs conhecem, mas é um nome de origem persa e significa "dourada". Sei q é de origem e significado diferentes de Cesarina, mas tem o som parecido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não conhecia Zarina, Patricia! O significado é bem bonito. Gosto também de Mazarine, nome da filha do ex-presidente francês François Mitterrand, mas não consegui descobrir se o nome é legítimo ou inventado.
      Obrigada pelo carinho e pela sugestão de Zarina!

      Eliminar
  2. Texto incrível, parabéns Ellen! Falando do nome, eu não gosto muito não.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho, Luinara! Sou muito fã dos seus textos!

      Eliminar
  3. A Ellen tornou um nome difícil de se gostar à primeira num nome encantador 😃 Adorei o texto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Claudia! Cumpri minha missão hehe Fico muito feliz em ouvir que o nome ganhou novos encantos para vocês, num movimento semelhante ao que ocorreu comigo em relação ao post Estêvão da Ana Carolina. Muito gostoso abrir os ouvidos e o coração para novas paixões, não?

      Eliminar
  4. Que texto mais gosto de ler ;) Quanto ao nome acho curioso com grafia e sonoridade superior ao nome Cesária que já não aprecio, Cesarina fica como uma boa alternativa para quem procura algo no gênero... Zarina, aqui destacado pela Patrícia é mesmo interessante e fofo!...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo elogio, LAlves! É uma pena que muitos associem o nome ao tipo de parto; se não houvesse tal associação, creio que poderia ser uma ótima alternativa a Carolina, Catarina. Também gostei muito de Zarina.

      Eliminar
  5. Que incrível! Vou sugerir para a minha esposa!

    ResponderEliminar
  6. Até fiquei a gostar mais do meu nome. Pouco comum, e algo pesado. Mas depois deste texto fantástico, conseguiu dar-lhe um toque de ternura e até alguma exuberância! �� Mais uma vez, obrigada por atenderem ao meu pedido!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico SUPER feliz que tenha gostado, Cesarina, porque de fato tenho uma admiração enorme pelo nome! Acho cheio de glamour rsrs sem perder a delicadeza. Espero que você o ostente cada vez com mais orgulho! Quem sabe não consigo emplacar um Cesarina numa futura filha, mesmo que seja num composto?
      Foi um prazer pesquisar e escrever sobre seu nome.

      Eliminar
    2. Você já tinha ouvido falar da escritora Cesarina Vighy? Fiquei curiosa para ler o livro mencionado. Ah, durante a escrita do post, ouvi à exaustão rsrs o La Cesarina, na voz do grupo I Girasoli. https://youtu.be/g7PXUPw6PwU
      Adoro o momento em que dizem "Beeeellla Cesarina" rsrs

      Eliminar
    3. Não Ellen, nunca tinha ouvido falar sobre essa escritora! É uma das minhas próximas pesquisas nas livrarias ou bibliotecas. Quem sabe, não passo a gostar da escrita da minha homónima?! ;) Beijinho e continuação do vosso bom trabalho!! :)

      Eliminar
  7. Excelente trabalho, Ellen! Os meus parabéns! Já tinha muita curiosidade em relação a este nome e passei a adorá-lo! Muito bonito :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, JR*! Muito bom compartilhar a paixão com outros fãs rsrs
      Um grande abraço

      Eliminar
  8. Que texto irretocável! pesquisou tudo, ficou científico. uma aula de fonética. Parabéns.
    Quanto ao nome, muito pesado pra uma criança. longe de se tornar popular... Já César é nota 10!

    ResponderEliminar