segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Ludmila - Atendendo a Pedidos


Ludmila é um nome interessante. É ao mesmo tempo imponente e meigo, tem uma grafia forte e altiva que casa muito bem com sua sonoridade agradável, finalizada pela graciosa terminação em mila. Em minha opinião é um nome cheio de personalidade e com potencial para ir longe nos tops de popularidade atuais.

A origem de Ludmila é eslava e seu significado é amada pelo povo ou querida pelo povo, a partir dos elementos eslavos lyudu (povo) e milu (amada, querida).  Adoro o significado de Ludmila, acho muito simbólico e me faz pensar em uma líder revolucionária e corajosa que conta com o carinho de sua nação.

É um nome eslavo clássico amplamente utilizado na Rússia, Ucrânia, Búlgaria e República Tcheca. Também se destaca na Argentina, chegando a fazer parte de seu top 20 em 2009.

Uma das figuras responsáveis pela popularização do nome foi Santa Ludmila (860-921), duquesa da região da Boêmia no século X e venerada como santa e mártir pelos católicos ortodoxos e romanos. Avó de São Venceslau, conhecido como o Bom Rei, Ludmila era muito piedosa e dedicada à fé cristã. Após a morte de seu marido, o duque Borivar, distribuiu a maior parte de seus bens entre os pobres. Foi assassinada sob ordem de sua nora Drahomira, uma princesa pagã que estava incomodada com a propagação do cristianismo promovida por Ludmila. Pouco tempo após sua morte foi canonizada. Santa Ludmila é considerada a padroeira da Boêmia e é celebrada em 16 de setembro.

Outras línguas: Ludmilla, Lyudmila (búlgaro), Ludmila (polonês), Ljudmila (esloveno), Lyudmyla (ucraniano).

Mesmo com sua origem nos distantes países eslavos, Ludmila tem grafia e sonoridade facilmente adaptáveis ao uso por falantes da língua portuguesa, mas é um nome que, de modo geral, ainda não entusiasma os lusófonos. No Brasil sua frequência é de 23.907 pessoas (e o IBGE também informa a existência de 2.744 Ludmillas),  número que podemos considerar modesto quando comparado a enorme dimensão do país. Só começou a ser mais notado a partir dos anos 80 e aos poucos vai ganhando mais registros, atingindo seu melhor momento na atualidade. A maior parte de suas portadoras está no estado de Goiás. Em 2016 foi registrado 40 vezes no estado de São Paulo; a grafia Ludmilla recebeu 45 registros. Ludmila não é e nunca foi um nome de popularidade explosiva no Brasil, mas sua trajetória, apesar de discreta, é estável e ascendente.

Ludmila consta como aceito pela lista de nomes autorizados de Portugal, ou seja, pode ser usado livremente mas os portugueses não têm demonstrado interesse no nome ao longo dos anos. Para terem uma ideia, durante todo o período que vai de 1920 a 1980, Ludmila só conseguiu registros durante a década de 70, mesmo assim foram poucos: 26 no total. E nos dias de hoje o cenário continua o mesmo: somente 2 registros em 2016. Será que algum dia Ludmila poderá ter uma acolhida mais amigável em Portugal? Torço para que sim!

Referências:
  • Ludmila Belousova - ex-patinadora artística russa;
  • Ludmila Cervanová - tenista tcheca;
  • Ludmila Dayer - atriz e produtora brasileira;
  • Ludmila Engquist - velocista e campeã olímpica sueca;
  • Ludmila Manicler - futebolista argentina;
  • Ludmila Pagliero - bailarina clássica argentina;
  • Ludmilla - cantora e compositora brasileira.

Vejo Ludmila como um nome que mescla seriedade com graciosidade; tem presença e naturalmente se faz notar. Para quem gosta de apelidos/diminutivos, através de Ludmila temos Lud, Lu e Mila, opções muito simpáticas. Gosto muito de Ludmila, acho que é um bonito nome com muitas qualidades.

E vocês, o quem acham de Ludmila?

Fontes Consultadas:

ARPEN/SP, Baby Names, Behind the Name, Epifania, IBGE, IRN, Nameberry, Wikipédia.

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Maria da Graça


Acho que a escrita também é sobre abrir o nosso coração para quem nos está a ler. Já não é a primeira vez que trago aqui para o Blog nomes que pessoalmente me dizem muito (escrevi sobre eles aqui e aqui). Quando escrevo sobre nomes que me são queridos, sinto que o texto fica muito mais pessoal e que consigo chegar de outra forma até vocês e por isso hoje decidi trazer-vos Maria da Graça

Muitas são as combinações com Maria que podemos fazer e para mim Maria da Graça é das mais clássicas e elegantes. Maria significa senhora soberana e Graça significa graciosidade, elegância. Portanto, a junção destes nomes fica mais ou menos como senhora soberana graciosa

É uma pena o IRN ter deixado de facultar a lista dos nomes compostos, por isso a informação mais recente que vos posso fornecer sobre Maria da Graça é sobre 2014, ano em que 8 bebés receberam este nome. No entanto, achei curioso o facto de nesse mesmo ano terem nascido apenas 6 Graça. Não sei se será pouca informação para tirar esta conclusão, mas parece-me que os pais preferem apostar no composto Maria da Graça, do que Graça sozinho. 

Pelo que consegui aferir, Graça não é um nome que seja muito apreciado em território brasileiro. No estado de São Paulo, nos últimos anos, não nasceu nenhuma Maria da Graça e apenas nasceu 1 Graça em cada ano. Segundo o censo demográfico brasileiro de 2010, Graça até tem uma frequência de 16 mil pessoas, mas caiu em desuso desde 1950. 

Será que os pais e futuros pais vêem Maria da Graça como nome de avó e por isso não o cogitam para as suas pequenas? 

No site Nós Portugueses encontrei composições muito bonitas com Maria da Graça, vou deixar aqui o link se quiserem ir dar uma olhada. 

Não fazia ideia, mas em Portugal tanto se pode registar Maria da Graça como Maria das Graças. Este segundo não me enche as medidas como o primeiro e nunca na vida conheci ninguém com esse nome. Já tinham ouvido Maria das Graças

Julgo que deixei claro que na minha opinião Maria da Graça é uma gracinha e confesso que iria achar muito amoroso conhecer uma recém-nascida com este nome. Qual é a vossa opinião sobre este composto? Gostam de Maria da Graça ou preferem compostos mais frescos e joviais com Maria?

Fontes consultadas:
 O BLOG DOS NOMES, IRN, SPIE, Nós Portugueses, ARPEN/SP, IBGE.

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Márcio - Atendendo a Pedidos


Certamente muitos de nós conhece ou já se deparou com algum Márcio, é um nome familiar entre nossas populações. Alcançou alta popularidade em décadas passadas e marcou uma geração. Suas raízes estão fincadas no grandioso Império Romano, possuindo forte conexão com esse importante período histórico.

Márcio é a forma portuguesa de Marcius, antigo nome de família romano derivado do nome próprio Marcus, que tem sua origem em Marte, o mitológico deus da Guerra. O significado de Márcio seria então consagrado ao deus Marte, guerreiro. Na variante Martius, era o nome que os antigos guerreiros latinos invocavam Júpiter no começo de um combate. Júpiter era o rei dos deuses romanos e pai de Marte. Uma das pessoas mais conhecidas historicamente com este nome foi Anco Márcio, um dos lendários reis de Roma. Significado e história que indicam um homem corajoso e determinado.

Com o passar do tempo, Márcio também passou a ser utilizado para indicar aqueles que nasciam no mês de março (mais uma referência ao deus Marte).

Curiosidades: Além de Márcio e MarcosMarcelo, MárioMartim também foram nomes criados em honra ao deus Marte, o que os relaciona entre si. Além disso, todos são nomes intimamente ligados ao signo de Áries/Carneiro, por Marte ser o regente do signo (para saber mais clique aqui).

Outras culturas: Marcius (antigo romano), Marcio (espanhol), Marzio (italiano).


No Brasil é um nome de grande expressão possuindo a alta frequência de 468.046 pessoas assim chamadas, estando seus portadores mais concentrados no estado do Rio de Janeiro. Seu ápice de popularidade aconteceu na década de 70 e continuou forte nos anos 80, mas nas décadas seguintes foi perdendo terreno e seus números de registros caíram bruscamente, tornando Márcio um nome datado (associado a um período específico). Em 2016, no estado de São Paulo, Márcio obteve 38 registros e a versão não acentuada, Marcio, foi registrada 75 vezes.


Em Portugal a trajetória de Márcio é curiosa: até a década de 60 era um nome inexistente no país, sem nenhum registro, mas a partir de 1970 começou a ser notado. Primeiro de forma discreta, com média de 25 registros por ano, mas em 1978 seus números disparam para 264 registros e em 1979 explode para 852! Uma alta fenomenal que consolidou Márcio como um nome da moda na época. Em 1980 a euforia passa e seus números caem para 327 registros no ano, com trajetória posterior semelhante à do Brasil. No ano de 2016 Márcio foi registrado 22 vezes em terras lusas.


Referências:

  • Márcio Garcia - apresentador e ator brasileiro;
  • Márcio Gomes - jornalista e apresentador brasileiro;
  • Márcio Greyck - cantor e compositor brasileiro;
  • Márcio Santos - ex-futebolista brasileiro.
Márcio ficou muito associado aos anos 70/80 e talvez para os dias de hoje não tenha mais o frescor de outros tempos, mas não deixa de ser um bom nome. Têm uma sólida origem e considero a ligação com a mitologia um de seus trunfos

O que acham de Márcio?

Fontes Consultadas:

ARPEN/SP, Dicionário de Nomes Próprios, IBGE, IRN, SPIE, Wikipédia.

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Compostos com Minerva


Eu adoro o nome Minerva. Sou apaixonada por mitologia e sou uma potterhead assumida, portanto Minerva juntou o melhor dos dois mundos para mim. Aliás, gosto tanto de Minerva que foi o nome que escolhi para uma das minhas gatas, facto que já mencionei no texto que escrevi sobre Minerva. Tanto quanto sei, sou das poucas admiradoras deste nome, mas caso haja por aí mais alguém que tal como eu, goste de Minerva e o considere usável, deixo aqui uma lista que preparei para vocês. 

Compostos com Nomes Populares:
Minerva Helena
Minerva Luana
Minerva Sofia
Minerva Vitória


Bianca Minerva 
Filipa Minerva
Isis Minerva 

Laura Minerva

Compostos com Nomes Curtos: 
Minerva Gaia
Minerva Jade
Minerva Lis
Minerva Mei 


Ana Minerva
Ema Minerva 

Flor Minerva
Inês Minerva 


Compostos com Nomes Longos:
Minerva Carolina
Minerva Eleonor
Minerva Isabela
Minerva Violeta 


Alexandra Minerva 
Cecília Minerva 
Francisca Minerva
Olívia Minerva 


Compostos com Nomes Modernos: 
Minerva Jasmim
Minerva Luz
Minerva Mel
Minerva Safira 


Ariana Minerva
Lea Minerva 

Noa Minerva
Zora Minerva 


Compostos com Nomes Antigos:
Minerva Celeste
Minerva Guiomar
Minerva Sancha
Minerva Vicência 


Aurélia Minerva
Josefa Minerva
Ofélia Minerva
Severa Minerva 


À parte desta lista existe algum composto que gostem com Minerva


Fontes consultadas:

 O Blog dos Nomes, IRN, ARPEN/SP.


terça-feira, 10 de outubro de 2017

Nomes Masculinos do Reino Animal


Eu amo os animais e acho que essa é uma das mais bonitas inspirações que vem da natureza. O reino animal tem representantes que exibem qualidades como valentia, inteligência, poder, astúcia, entre outras tão admiradas pela humanidade através dos séculos. Existem vários nomes que têm significados ligados aos animais e hoje vamos conhecer as opções para os meninos.
  • Adler - águia (origina-se de um sobrenome germânico);
  • Adolfo - nobre lobo (germânico);
  • Aécio - águia (grego);
  • Agnelo - cordeirinho (latim);
  • Ákos - falcão branco (turco);
  • Alef/Aleph - é a primeira letra do alfabeto hebraico; sua representação é o desenho de um touro;
  • Áquila - águia (latim);
  • Arcádio - habitante da terra dos ursos (grego);
  • Ari - leão (hebraico) ou águia (nórdico antigo);
  • Ariel - leão de Deus (hebraico);
  • Arlindo - escudo da águia (germânico);
  • Arnaldo - poder da águia (germânico);
  • Arnoldo - o mesmo que Arnaldo;
  • Astolfo - aquele que combate como um lobo (germânico);
  • Artur - urso (celta);
  • Aslan - leão (turco);
  • Ataliba - galo ou ave da felicidade (quíchua);
  • Ayal - cervo (hebraico);
  • Benno - urso (germânico);
  • Beraldo - domador de urso (germânico);
  • Berardo - o mesmo que Beraldo;
  • Bernardim - o mesmo que Bernardo;
  • Bernardino - diminutivo de Bernardo;
  • Bernardo - forte como um urso (germânico);
  • Bertrando - corvo famoso (germânico);
  • Bóris - lobo ou leopardo das neves (turco);
  • Breno - corvo (celta);
  • Caleb - cão (hebraico);
  • Cauã - gavião (indígena);
  • Colombo - pomba (latim);
  • Delfim - golfinho (grego);
  • Delfino - o mesmo que Delfim;
  • Dov - urso (hebraico);
  • Draco - dragão, serpente (grego);
  • Érico - eternamente poderoso como uma águia (nórdico);
  • Eric/Erick/Erik - o mesmo que Érico;
  • Falcão  - ave de rapina (literal);
  • Felipe/Filipe - amigo dos cavalos (grego);
  • Fênix/Fénix - mitológico pássaro imortal que renascia das próprias cinzas;
  • Fineas/Fineias - montanha da serpente (hebraico);
  • Gil - cabrito (latim);
  • Haidar - leão (árabe);
  • Harlan - terra de lebre (inglês antigo);
  • Havel - galo (eslavo);
  • Hipólito - aquele que liberta os cavalos (grego);
  • Hórus - falcão (egípcio);
  • Irapuã - abelha que faz ninho redondo (indígena);
  • Izem - leão (africano);
  • Jandir - abelha que produz mel (indígena);
  • Jonas - pomba (hebraico);
  • Kenai - urso negro (nativo-americano);
  • Lavi - leão (hebraico);
  • Leandro - homem que é como um leão (grego);
  • Leão - felino considerado o rei dos animais (literal);
  • Leo - leão (latim);
  • Leon - leão (grego);
  • Leonardo - valente como um leão (germânico);
  • Leôncio - semelhante a um leão (grego);
  • Leonel - filhote de leão, leãozinho (francês antigo);
  • Leônidas - em forma de leão (grego);
  • Leonildo - aquele que combate como um leão (germânico);
  • Leontino - como um leão (grego);
  • Licurgo - aquele que afasta lobos (grego);
  • Linceu - olhos de lince (latim/grego);
  • Lindolfo - lobo protetor (germânico);
  • Lopo - lobo (latim);
  • Luan - leão (albanês);
  • Lupércio - caçador de lobos (latim);
  • Lupicínio - o mesmo que Lupércio;
  • Luzardo - forte como um lince (germânico);
  • Mayur - pavão (sânscrito);
  • Nagendra - senhor das cobras (sânscrito);
  • Nahuel - jaguar (nativo-americano);
  • Nanuk/Nanuq - urso polar (nativo-americano);
  • Napoleão - leão de Nápoles ou leão da nova cidade (grego);
  • Orson - filhote de urso (vem de um sobrenome inglês);
  • Osama/Usama - leão (árabe):
  • Oscar - amigo dos cervos (gaélico);
  • Otoniel - leão de Deus (hebraico);
  • Ovídio -  ovelha (latim);
  • Pantaleão - todos os leões (grego);
  • Pégaso/Pegasus - mitológico cavalo alado;
  • Ralf/Ralph -  o mesmo que Raul;
  • Ramberto - corvo brilhante (germânico);
  • Raul - lobo conselheiro (latim);
  • Rodolfo - lobo famoso (germânico):
  • Rudi - diminutivo de Rodolfo;
  • Simba - leão (africano);
  • Tau - como um leão (africano);
  • Tor - pomba-tartaruga, rolinha (hebraico);
  • Vasco - corvo (basco);
  • Wolf - lobo (germânico);
  • Wolfgang - o que anda como um lobo (germânico);
  • Zaratustra - camelo dourado (iraniano);
  • Zev - lobo (hebraico).
Escolheriam algum dos nomes do reino animal para um futuro filho?

Fontes Consultadas:

Behind the Name, Dicionário de Nomes Próprios, Nameberry, O Blog dos Nomes e O Livro dos Nomes (Regina Obata).

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Sarina - Atendendo a Pedidos


Confesso que assim que vi o pedido para Sarina imaginei que fosse um erro de digitação e na verdade o pedido seria para Sabrina. Só que o mundo dos nomes é mais vasto do que imaginamos e eu é que estava enganada! Sarina é um nome próprio válido e existente que hoje ganha seu espaço em nosso blog.

Sarina surgiu como um diminutivo de Sara, nome de origem hebraica cujo significado é princesa. No Antigo Testamento Sara é a esposa de Abraão e considerada a matriarca do povo judeu. Na atualidade Sarina também é entendido como sendo uma variante de Serena, que literalmente significa tranquila, calma. Uma possiblidade mais remota é que seja uma variante feminina de Sarin, nome masculino indiano que tem como significado ajuda.

O uso de Sarina teve início com os falantes do inglês e holandês, mas sua frequência é pequena. Nos Estados Unidos teve uma leve e passageira popularidade na década de 90 e início dos anos 2000, quando fez parte do Top 1000. Hoje em dia o país em que mais se destaca é a Suíça, onde ocupou a posição 96° em 2013. No ano de 2005 chegou a conquistar o 36° lugar no ranking suíço, atingindo seu auge.

Para os amigos portugueses uma boa notícia! Sarina é aprovado pelo IRN! Mesmo assim o uso de Sarina é muito pequeno, conseguiu apenas 1 registro em 2016 e, segundo a SPIE, nunca foi registrado  no período que vai de 1920 a 1930.  Um panorama muito diferente do de Sara, nome bastante popular no país.

No Brasil, de acordo com o IBGE, Sarina possui a tímida frequência de 626 pessoas assim chamadas em todo território brasileiro. O estado em que é mais usado é em Santa Catarina e seu pico aconteceu na década de 90. Não foi registrado nenhuma vez no estado de São Paulo em 2016, mas em 2015 obteve 1 registro. Podemos notar que Sarina é um nome quase desconhecido entre lusófonos, sendo mais conhecido em países estrangeiros.

Referências:
  • Sarina-Joi Crowe - cantora norte-americana;
  • Sarina Hülsenbeck - atleta olímpica alemã;
  • Sarina Paris - cantora canadense;
  • Sarina Singh - escritora australiana;
  • Sarina Suzuki - atriz e modelo japonesa;
  • Sarina Wiegman - ex-futebolista holandesa e atual técnica de futebol.
Sarina possui ainda um lado geográfico, pois é o nome de um município em Queensland, na Austrália.

Por sua origem como apelido/diminutivo, Sarina tem o ar carinhoso que nomes nesse estilo transmitem (afinal ele surgiu como uma forma de Sarinha); no Brasil pode ser uma opção ao já muito popular Marinasuas grafias são bastante parecidas. Para os portugueses é uma alternativa acessível e com mais frescor que Sara. Só acho que pode perder pontos por gerar confusão com Sabrina, mas para quem gosta de Sarina isso pode ficar em segundo plano.

Já conheciam Sarina? Qual seu preferido, Sarina, Sara ou Sabrina?

Fontes Consultadas:

ARPEN/SP, Behind the Name, IBGE, India Child Names, IRN, Nameberry, SPIE, Wikipédia.

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Mavilde


Por vezes tenho a tendência de procurar opções igualmente bonitas e viáveis para os nomes mais populares, e foi assim que encontrei Mavilde, numa tentativa de procurar um nome que substituísse Matilde. Já abordei também no Blog Matilda

De acordo com a minha pesquisa, Mavilde é uma variante de Matilde e por essa razão partilham a mesma origem - germânica, e o mesmo significado - força em combate. 

Não me interpretem mal, mas na minha opinião, Mavilde é muito mais bonito do que Matilde. Talvez a popularidade de Matilde faça com que este antropónimo, para mim, perca o brilho, mas por outro lado, acho a sonoridade e a grafia de Mavilde muito mais cativantes. 

Felizmente, Mavilde é aceite em Portugal. No entanto, os seus registos atuais são praticamente nulos, apenas em 2014 nasceu uma menina Raquel Mavilde. Se formos ver os registos deste nome entre 1920 e 1980, aferimos que Mavilde foi um nome substancialmente registado com um total de 603 registos. 

No estado de São Paulo, não encontrei registos recentes de Mavilde. Segundo os dados do censo demográfico brasileiro de 2010, a frequência deste nome é  de 94 pessoas, Mavilde foi mais utilizado nos anos 50 e o estado onde existem mais mulheres com este nome é no Rio de Janeiro. 

Não sei se estão familiarizados com o filme de animação Hotel Transylvania, mas a personagem principal feminina é uma vampira chamada Mavis. Eu achei Mavis muito querido e aliás, acho que funciona perfeitamente para diminutivo de Mavilde

Confesso que em Portugal, o mais provável era Mavilde ser algumas vezes confundido com Matilde. Mas também não vejo que isso seja um impedimento para que Mavilde não seja registado. Conheço casos de meninas Íris e Ísis que vêem os seus nomes serem trocados com alguma frequência e não é por isso que são antropónimos menos registados ano após ano. 

Eu gosto bastante de Mavilde e vocês?

Fontes consultadas:
Behind the Name, IRN, SPIE, Nós Portugueses, ARPEN/SP, IBGE, BabyNamesPedia,Think Baby Names, Nameberry, Dicionário de Nomes Próprios, Wikipédia.

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Samuel - Pares para Irmãs/os - Atendendo a Pedidos


Acredito que os melhores pares para irmãos e irmãs de Samuel sejam nomes com apelo internacional, contemporâneo e com algum sentido bíblico. As sugestões apresentadas procuram seguir essa linha e a partir dessas ideias podemos pensar em mais possibilidades. 

Pares para Irmãs:

Samuel & Abigail
Samuel & Agnes
Samuel & Alice
Samuel & Belém
Samuel & Celeste
Samuel & Cibele
Samuel & Clarisse
Samuel & Débora
Samuel & Eloá
Samuel & Estela
Samuel & Ester 
Samuel & Eva
Samuel & Felícia
Samuel & Inês
Samuel & Joana
Samuel & Laís
Samuel & Lídia
Samuel & Lorena
Samuel & Marina
Samuel & Míriam
Samuel & Naomi
Samuel & Paula
Samuel & Priscila
Samuel & Rebeca
Samuel & Sabrina
Samuel & Samanta
Samuel & Samara
Samuel & Sara
Samuel & Selene
Samuel & Sofia
Samuel & Susana
Samuel & Tábata
Samuel & Talita
Samuel & Verônica
Samuel & Vívian
Samuel & Zípora

Pares para Irmãos:

Samuel & André
Samuel & Asafe
Samuel & Baltasar
Samuel & Caleb
Samuel & Davi
Samuel & Elias
Samuel & Eliézer
Samuel & Filipe
Samuel & Gaspar
Samuel & Heitor
Samuel & Isaac
Samuel & Jaime
Samuel & Joaquim
Samuel & Jonas
Samuel & Josué
Samuel & Levi
Samuel & Lucas
Samuel & Mateus
Samuel & Matias
Samuel & Moisés
Samuel & Murilo
Samuel & Natan
Samuel & Olavo
Samuel & Paulo
Samuel & Pedro
Samuel & Saul
Samuel & Saulo
Samuel & Simão
Samuel & Tiago
Samuel & Tomás
Samuel & Tomé
Samuel & Vicente
Samuel & Zaqueu

De que pares mais gostaram?

Fonte Consultada:

O Blog dos Nomes

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Angélica


Angélica, um nome que automaticamente nos transporta para o celestial universo dos anjos. Uma associação bonita que transita entre o etéreo e o divino. Sua origem está no latim angelicus e significa angelical, da natureza dos anjos ou ainda pura como um anjoA palavra latina surgiu a partir do grego angelos, que significa mensageiro; com o tempo os angelos adquiriram o significado de mensageiro de Deus, ou seja, um anjo. Sem dúvidas lindos e inspiradores significados que enternecem e encantam.

Além do sentido angelical, Angélica é ainda um nome florido! A flor angélica é delicada, muito perfumada e bela. Conhecida em todo o mundo por seu potencial ornamental e principalmente pelo intenso aroma de suas flores, a angélica é apreciada em muitas culturas, principalmente em cerimônias de casamento e em rituais religiosos. Para os indianos representa a pureza e a cura. Por possuir um envolvente perfume é frequentemente utilizada na indústria cosmética. Seus outros nomes são tuberosa e jacinto da Índia. Em um sentido simbólico o significado das flores angélica é harmonia, união e paz.

Sua outra conexão é com o mundo literário (que inspirou seu uso como nome feminino): Angélica é uma das principais personagens dos poemas épicos da literatura renascentista italiana, Orlando Innamorato (1495, de Matteo Boiardo) e Orlando Furioso (1516, de Ludovico Ariosto). Os dois poemas apresentam a bela princesa pagã Angélica, alvo do interesse amoroso do protagonista Orlando. As obras são consideradas grandes épicos heróicos românticos. A personagem foi retratada várias vezes em pinturas baseadas na obra de Ariosto. Passou a ser usado como nome próprio a partir do século 18 e ainda hoje é popular na Itália (fez parte do seu Top 50 mais recente). Nos Estados Unidos seu auge aconteceu na década de 90; em 2016 ocupou a posição #508 no ranking americano.

No Brasil é um nome bem aceito (o IBGE estima que existam 123.609 Angélicas brasileiras) e seu uso foi discreto até a década de 70; a partir dos anos 80 houve uma grande alta em seu número de registros que atingiu seu ápice na década de 90. Certamente muitos pais foram influenciados pelo sucesso da então apresentadora infantil Angélica, que justamente nessa época explodia na mídia como uma das artistas mais famosas do país. Mas a partir dos anos 2000 o nome sofreu uma queda considerável (de 43.537 registros passou para 11.757) e foi perdendo terreno. No ano de 2016 recebeu 33 registros no estado de São Paulo; a versão sem acento, Angelica, foi registrada 38 vezes.

Em Portugal também teve boa receptividade: durante o período de 1930 a 1980 sempre foi recebendo por volta de 20 a 50 registros por ano, tendo maior destaque durante os anos 20 e 30 e anos 70. Em 2016 foi registrado 14 vezes. Podemos notar que apesar de não ser mais um nome da moda em nossos países, Angélica ainda é lembrado.

Outros Idiomas: Angelica (italiano, inglês, romeno), Angélica (espanhol), Angelika (alemão, polonês, eslovaco, tcheco), Angelique (holandês), Angélique (francês).
Variante: Anjelica (inglês).

Referências:
  • Angelica Kenova - modelo russa;
  • Angélica Ksyvickis - apresentadora e atriz brasileira;
  • Angélica María - atriz mexicana;
  • Angélica Vale - atriz, comediante e cantora mexicana;
  • Angelika Kauffmann (1741-1807) - pintora suíça;
  • Anjelica Huston - atriz norte-americana;
  • Maria Angélica de Sousa Queirós (1842 -1923) - proprietária rural e aristocrata brasileira; a Avenida Angélica (em SP) foi nomeada em sua homenagem;
  • Maud Angelica Behn - primeira filha da princesa da Noruega Märtha Louise e de seu marido, o escritor Ari Behn.
Dentro do grupo dos nomes que têm o toque dos anjos, para mim Angélica parece mais contemporâneo que Ângela e mais carismático que Angelina. E ainda é o único dos três que também é nome de flor! Angélica, tão florido, tão feminino, tão poético! Ele anda um pouco esquecido em nossos países, mas têm muitas qualidades para ser mais lembrado. Afinal, não seriam as crianças também anjos? E que nome melhor para uma menina anjo que não o angelical Angélica?

Para conhecer mais Nomes de Anjos clique aqui.
Para conhecer mais Nomes de Flores clique aqui e aqui.

Fontes Consultadas:

ARPEN/SP, Behind the Name, IBGE, IRN, Nameberry, O Blog dos Nomes, SPIE, Vamos Receber, Wikipédia.